.posts recentes

. O “GLORIOSO” CENTENO

. A MÃO DE DEUS

. A “EPITETIZAÇÃO” DA COISA

. “O CANHÃO DE S.BENTO”

. PORTAS… COMUNICANTES

. OS SEGREDOS DA TIA CÁTIA

. NASCIDOS PARA MANDAR

. ANASTÁCIOS E BARATAS

. ELES VOAR, VOAM… MAS MUIT...

. VAMOS PÔ-LOS NO LUGAR

.arquivos

. Janeiro 2018

. Junho 2017

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Novembro 2015

. Abril 2015

. Julho 2014

. Fevereiro 2014

. Julho 2013

. Maio 2012

. Março 2012

. Janeiro 2012

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

.links
blogs SAPO
.subscrever feeds
Segunda-feira, 25 de Agosto de 2008
OS FADOS OLÍMPICOS

Criticar aquela "rapaziada" que foi para a China justificar os seus maus resultados com azares crónicos originados por maus-olhados, "macumbas", invejas e indisposições de árbitros, juízes e outra "gentinha" de mau porte é criticar todo um País que invariavelmente reage assim sempre que os mais ténues ventos não lhe correm de feição.

Depois de terem crescido no meio destes e de outros péssimos exemplos na arte de descartar responsabilidades, os Portugueses estavam à espera de quê? Que os representantes olímpicos assumissem humildemente as contrariedades surgidas perante os melhores? Que reconhecessem estarem a anos-luz dos mínimos psicológicos? Enfim: uma Nação que no "Triatlo" do seu dia-a-dia se esforça na "prova do descanso", que equilibra as forças na "prova do repouso" para penosamente se arrastar na "prova do trabalho" é uma Nação que dificilmente se afirmará no panorama mundial da alta competição ou em outro qualquer cenário. E depois... entre outros "Saltos", fica mal, face à sua imensa grandeza no mundo, estar a discutir na praça pública se foram 14 ou 15 milhões de euros que se investiram numa sementeira, maioritariamente de "nabos", que irremediavelmente se queimou sob a maldita nuvem poluente de Pequim.

Mas pronto: apesar de tudo só nos podemos embevecer de orgulho perante as duas medalhas conquistadas e avaliadas (por baixo) em 7,5 milhões de euros cada uma (sic). O resto... são "fait-divers" de ocasião!

publicado por A. Carvalho às 13:31
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 18 de Agosto de 2008
OPOSIÇÕES

O tédio que cada vez mais vai envolvendo a actual governação Socialista, tem o contributo de uma oposição que não existe e de uns lideres que julgam liderar uma oposição!

Jerónimo, Louçã e Portas, eternos candidatos a candidatos de coisa nenhuma, continuam a apostar numa espécie de “campanhas de alfabetização” desfasadas das realidades e necessidades de uma sociedade que, embora na cauda da Europa no ranking das habilitações académicas é suficientemente inteligente para não se rever no deserto de ideias destas personagens, de longe superior ao deserto do Lino, na margem sul (sic)!  

Quanto aos outros, de onde se espera sempre alguma “coisinha”, deviam inovar no tempo e optar pelo uso de um sistema de Gestão Posicional de Sociais-Democratas tão só para não ser dado a ver à Nação o triste contraste entre a excessiva rigidez em carácter e costumes da sua legítima líder e os arraiais inócuos, a descair para o “rústico”, daqueles que tudo deitam a perder ao optarem, por sistema, pelo lado errado (ou menos próprio) da barricada. Como diria Caius Julius Caesar e como dirá um dia destes Manuela Ferreira Leite, “há nos confins da Ibéria um” Partido “que nem governa nem se deixa governar”... infelizmente para eles e para aqueles que deles vão esperando a tal “coisinha” (sic).

publicado por A. Carvalho às 13:39
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 11 de Agosto de 2008
HÁ PETRÓLEO NO BEATO?

O envolvimento da "politiquice" nacional com duvidosos "politiqueiros" que gerem os seus Países com base em estados de espírito de duvidosa racionalidade, porque inebriados pelo odor do petróleo, não deixa de ser preocupante pelo facto de não se saber até que ponto tais posturas se propagam pelas "relações" de amizade (?) que se estimulam!

Vem isto a propósito dos ocasionais "tiques" de opulência do primeiro-ministro, ministros e secretários de Estado! Mas, se a estas "pobres" criaturas ainda se vai relevando, aqui e ali, a fraqueza do espírito, ao Excelentíssimo Senhor Presidente da República Portuguesa... não. Depois de satisfazer alguma sede de protagonismo frente aos holofotes das TV's, após o tabu de meia dúzia de horas criado à roda daquela "coisa" lá dos Açores (sic), o Professor achou por bem ir ainda mais longe:

- A exemplo daqueles outros que gerem os seus Países com base em estados de espírito de duvidosa racionalidade... Cavaco Silva mandou interditar o espaço aéreo na zona da sua casa de férias em Albufeira, no “Allgarve”!

Duvido que os Portugueses, porque tem mais com que se preocupar, os “paparazzis”, porque tem mais que fazer, e os “terroristas” porque tem mais com que se preocupar e que fazer, perdessem um minuto que fosse com o Senhor Presidente e com as férias do Senhor Presidente e é tão só por esta realidade que o País deve ficar apreensivo, bastante apreensivo, mesmo, com a sintomatologia que é dada a ver! Ou então... há petróleo no Beato (sic)!

publicado por A. Carvalho às 13:50
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 4 de Agosto de 2008
O PARECER

No emaranhado complexo da Lei Portuguesa, onde uma proibição se pode tornar numa permissão e uma obrigação num acto putativo, mal feito fora que o Professor Freitas do Amaral não impressionasse num parecer que encheu uma resma de folhas A4 (pago a peso de ouro pelos mesmos de sempre) com aquilo que o seu cliente pretendia ler (no caso, a Federação Portuguesa de Futebol). A citada sapiência do Direito, após autopsiar a reunião (?) do Conselho de Justiça, irremediavelmente morta porque irreversivelmente ferida, conseguiu concluir, quiçá pelos fluidos jorrantes da consequente decomposição da dita, que a decisão ali tomada foi legítima, logo válida e de imediato efeito!

- Como é que meia dúzia de tendenciosas "luminárias" discutem acusações e castigos sobre terceiros com base em estéreis "coisas" de "coisa" nenhuma e um reputado Professor de Direito, mandando às malvas a sustentabilidade dessas mesmas acusações, considera a pena aplicada sobre as ditas imbuída na maior das legalidades?

No meio de tanta "mortandade", Gilberto Madaíl, qual "zombie" de uma fita de Carpenter, continua a brilhar acima de todos os “mortos-vivos” dos futebóis... apesar dos bocejos de saturação e enfado que já provoca nos cada vez mais distante espectadores (sic).

Assim vai o nosso futebol a tentar parecer ser o que efectivamente deveria ser (sem este ou outro Parecer).

publicado por A. Carvalho às 21:04
link do post | comentar | favorito
.as minhas fotos