.posts recentes

. O “GLORIOSO” CENTENO

. A MÃO DE DEUS

. A “EPITETIZAÇÃO” DA COISA

. “O CANHÃO DE S.BENTO”

. PORTAS… COMUNICANTES

. OS SEGREDOS DA TIA CÁTIA

. NASCIDOS PARA MANDAR

. ANASTÁCIOS E BARATAS

. ELES VOAR, VOAM… MAS MUIT...

. VAMOS PÔ-LOS NO LUGAR

.arquivos

. Janeiro 2018

. Junho 2017

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Novembro 2015

. Abril 2015

. Julho 2014

. Fevereiro 2014

. Julho 2013

. Maio 2012

. Março 2012

. Janeiro 2012

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

.links
blogs SAPO
.subscrever feeds
Segunda-feira, 26 de Novembro de 2007
PORQUE NÃO TE CALAS…

Entre Filipe Scolari e Hugo Chavez existe um denominador comum que se reflecte na forma arrogante como os dois encaram as contrariedades que lhes vão surgindo.

Possuem uma capacidade psicológica para se identificar com o eu do outro, conseguindo sentir o mesmo que este nas situações e circunstâncias por esse outro evidenciadas: Chavez Presidente e Scolari Seleccionador criariam uma empatia tal que a Venezuela passaria do 62º. lugar do ranking da FIFA para um lugar bem mais condizente com a soberba de tão singular parelha!

Finalmente, Scolari deixaria de se preocupar com o seu contrato de trabalho: passaria a ser vitalício. Não seria incomodado pela “tralha” “incompetente” de uns “burros” aprendizes de jornalismo: teria o seu próprio Canal de Televisão com capangas da sua laia. Não ouviria mais os assobios vindos da bancada do “Municipal de Leiria”: no Estádio Olímpico da Cidade Universitária de Caracas os mesmos seriam “liquidados” à nascença! Enfim... era o mundo perfeito do "Sargentão Filipão". 

Depois de mais uma falta de respeito para com os Portugueses, ao abandonar miseravelmente a Sala de Imprensa do Portugal-Finlândia, é caso para perguntar se não haverá na Federação Portuguesa de Futebol um responsável que repreenda energicamente tão pedante funcionário com duas ou três simples palavras:

- PORQUE NÃO TE CALAS… de uma vez por todas?

publicado por A. Carvalho às 09:11
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 19 de Novembro de 2007
POSITIVISMO

Não concordando com as palavras que o deputado Inglês Roger Knapman usou para definir Portugal e o seu sistema judicial, há que saber retirar do facto, apesar de tudo, algo de útil, de positivo: abanou, por arrasto, os “nossos” adormecidos e esquecidos deputados europeus!

Obrigados a reagir a tal provocação, os eleitos nacionais tiveram de interromper o seu ininterrupto “coffee-break” e darem a cara, quais virgens ofendidas, contra os vocábulos arremessados por este energúmeno.

Quem não se dá ao respeito e opta pela “confortável” (?) posição de cócoras, acaba por sofrer mais cedo ou mais tarde do inevitável desrespeito do seu semelhante. Talvez por esse motivo os Portugueses não devessem estranhar já estas ocasionais atitudes de “fulanos” que através de tais inconsequentes actos conseguem “palcos” e “projectores” dignos de uma produção à Lá Féria.

Assim e para que tal não se repita, estudem o “Kama-Sutra” Ilustrado da Política e de quando em vez variem: “espetem” um murro na mesa ou a mesa na cabeça de um qualquer Senhor Roger! A “posição do missionário”, clássica e diplomática, foi chão que já deu uvas, nestas e noutras lides.

Mas pronto… “desenrascaram-se” e acabaram por cumprir o seu papel ao mesmo tempo que a “saloiada” da borda da Europa folgou em saber que os seus eleitos estão vivos e de óptima saúde a “lutarem” pela “vidinha” lá na longínqua e “difícil” “estranja” (sic).

Um Abraço!

publicado por A. Carvalho às 08:18
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 12 de Novembro de 2007
O ORÇAMENTO DA CÁRIE

Para quem não partilhava do “bota-abaixo” habitual dos “velhos do Restelo” e mantinha uma esperança, embora ténue, no Orçamento de Estado para 2008… não teve outro remédio se não render-se às evidências e concordar que afinal o que ali estava era mais do mesmo.

Essa tal esperança que existia desvaneceu-se quando Sócrates lançou para o hemiciclo os fogachos de artifício, despropositados para a ocasião, de uma Vacina, da Procriação Medicamente Assistida e de, pasme-se (porque estamos no Séc.XXI), a integração dos Cuidados Dentários no Serviço Nacional de Saúde, para crianças, grávidas e idosos!

Esta política cata-simpatias que imprimiu a todos os seus Ministérios parece projectar-se sempre em cenários diáfanos, celestialmente paradisíacos, onde pululam “adões” e “evas”, “borboletas”e “arco-íris”: é o mundo perfeito criado à imagem perfeita do mais perfeito criador!

Do alto da sua providencial e intocável sapiência o Primeiro-Ministro, talvez porque tudo o que tinha de mais importante a fazer já foi feito, resolveu finalmente preocupar-se com assuntos de somenos importância, do tipo “dente cariado”! Pode ser, já que está numa onda de “coisas” insignificantes, que venha a dizer também qual é afinal de contas o modelo de desenvolvimento que pretende para o País (sic).

Continua a ser este o estilo de Governar de José Sócrates: bonito… e que, de tão bonito chega mesmo a perder a graça tão farto o País já está de tanta beleza!

publicado por A. Carvalho às 07:34
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 5 de Novembro de 2007
O “PÉS DE FILIGRANA”

O Ministro Correia de Campos ao falar em Viana do Castelo no decorrer do II Fórum das Cidades Saudáveis louvou o facto de, pelo segundo ano consecutivo, não haver orçamento rectificativo para a Saúde bem como o esforço feito para conseguir reduzir a factura com medicamentos em farmácias e hospitais.

Mas… por aquilo que o dito pensa mas não diz, face àquilo que faz e ao muito que por uma questão de vergonha (por enquanto) não lhe é permitido fazer, não admira, por este andar, que dentro de 2 ou 3 anos as despesas com a saúde sejam reduzidas… a zero.

Para o Senhor Ministro não é grave que existam 380 mil cidadãos à espera de uma consulta, 220 mil à espera de uma cirurgia, que doentes em fase terminal estejam sem assistência especializada (Unidade de Cuidados Paliativos de Odivelas) que metade das crianças não saiba o que é uma consulta de estomatologia e oftalmologia ou que os nascituros vejam a luz do dia ao quilómetro número tal de uma qualquer estrada do interior!

Importante, mesmo, é Correia de Campos gostar de caminhar pelo menos meia hora por dia e ser obrigado a comprar, face ao mísero estado das ruas das cidades, "sapatos bons" em nome da saúde dos seus pés (palavras suas proferidas no decorrer do citado Fórum)!!!

Á Nação que assim é calcada pelos “pés de filigrana” de Correia de Campos, resta-lhe interiorizar que padece apenas e só de hiponcondrismo… e de um ou dois joanetes que facilmente se esquecem com um bom par de sapatos Italiano (sic).

Haja vergonha!

publicado por A. Carvalho às 07:31
link do post | comentar | favorito
.as minhas fotos