.posts recentes

. O “GLORIOSO” CENTENO

. A MÃO DE DEUS

. A “EPITETIZAÇÃO” DA COISA

. “O CANHÃO DE S.BENTO”

. PORTAS… COMUNICANTES

. OS SEGREDOS DA TIA CÁTIA

. NASCIDOS PARA MANDAR

. ANASTÁCIOS E BARATAS

. ELES VOAR, VOAM… MAS MUIT...

. VAMOS PÔ-LOS NO LUGAR

.arquivos

. Janeiro 2018

. Junho 2017

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Novembro 2015

. Abril 2015

. Julho 2014

. Fevereiro 2014

. Julho 2013

. Maio 2012

. Março 2012

. Janeiro 2012

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

.links
blogs SAPO
.subscrever feeds
Segunda-feira, 27 de Agosto de 2007
O DEAN

A propósito do Furacão “Dean” e de todo o “circo” mediático montado à volta dos cidadãos Portugueses que se encontravam em gozo de férias na zona afectada pelo mesmo, as Caraíbas, apetece fazer uma reflexão.

Entende-se que no mês de Agosto este País seja uma autêntica pasmaceira a todos os níveis noticiosos, mas daí a termos de levar pela frente com ligações directas e constantes às casas de banho do hotel “Grand Bahia Príncipe”, na Jamaica, ou às retretes do mais pobrezito “Oásis Palm Beach” de Cancun… é dose e das fortes!

Só pode entender-se estas “entrevistas sanitárias” apenas e só pela desagregação intestinal que o “Dean” provocou a estes nossos “irmãos” medricas, deixando-os, literalmente, de calças na mão.

Os Portugueses que se permitem a estes “pequenos luxos” deviam saber que há furacões nas Caraíbas conforme os outros Portugueses sabem, aqueles que não se permitem a estes “pequenos luxos”, que a água da Figueira da Foz é gelada “pra’caraças” (embora isenta, no entanto, de inoportunas disenterias)

Há! Já agora, o “Dean” também deu para ver que continuamos a ser um Povo demasiado pudico: é que não houve telefonemas para os Hotéis “Hedonism II” e “Hedonism III”, na Jamaica. Ou então, a haver ali portugueses, por certo estariam entretidos com outro tipo de “furacões” nada propícios a conversas da treta via telemóvel (sic)!

Haja pachorra.

publicado por A. Carvalho às 07:33
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 20 de Agosto de 2007
VERDETES

O incidente ocorrido na “Herdade da Lameira”, em Silves, a não ter uma reacção Judicial dura e incisiva sobre aquela “coisa” denominada “Movimento Verde Eufémia” deixa no ar a brisa de uma impunidade que a vingar é deveras preocupante.

Os bens de um cidadão sobre o qual não incide qualquer acusação de ilegalidade não podem ser desbaratados de uma forma selvática pelo simples facto de alguém não concordar com uma Lei (mesmo que esse alguém esteja sob o efeito de uma herbácea, quiçá transgénica, conhecida por cânhamo-da-india).  

A forma como aqueles “verdetes” se manifestaram contribuiu apenas e só para perderam a razão sobre um assunto que deve ser discutido e sustentado em campanhas públicas de informação e sensibilização, sem máscaras, disfarces ou receios.

Por outro lado assistiu-se, por parte da Guarda Nacional Republicana, a uma passividade completa sobre um despropositado “desfile carnavalesco”, uma espécie de “Mardi Gras” ilegal onde apenas faltaram uns seios desnudados para completar o quadro perfeito de um dia “bem passado”. Mas se a GNR já assim se embeveceu com todo aquele “folclore”, imagine-se o que seria se confrontada nas suas “barbas” com umas fartas e despudoradas maçarocas “rijinhas” e boas como o milho (sic)!

Enfim… sejamos inocentes e vamos acreditar (mais uma vez) na Justiça.

publicado por A. Carvalho às 07:31
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 13 de Agosto de 2007
PORQUÊ ?

Independentemente dos sentimentos que tocam o ser humano estou cansado dos sintomas depressivos bipolares que cada vez mais afectam o Casal McCann. Mas pronto: são ingleses, doutorados, bem-parecidos, logo merecedores da distinta e paciente atenção lusa.

Em caso idêntico e na presença de uma patologia bem mais superficial a mãe da pequena Joana, uma miserável “pé rapado” de um Algarve desprezível, sem direito ao “pin” Allgarve, levou uma surra de “caixão à cova” que a deixou “K.O.”... e ponto final (arquivado).

Como as duas investigações foram, e uma ainda está a ser, alimentadas por dinheiro público, seria de bom-tom que alguém esclarecesse o porquê de terem sido seguidas tão distintas e antagónicas linhas de investigação e uso de meios.

Como diz o povo, “há filhos da mãe e filhos da… outra senhora” e enquanto cidadãos nacionais, PORTUGUESES, a Joana, o Rui Pedro, o Rui Manuel ou a Cláudia Sousa parecem ter sido mais “filhos” de um País incógnito logo não merecedores daquilo a que outros (e muito bem) tem o direito.

São muitas e pertinentes as questões que se levantam à margem da seriedade mais profunda que o desaparecimento de uma criança merece: mas que devem ser levantadas porque a isso nos obrigam... lá isso devem.

publicado por A. Carvalho às 09:37
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 6 de Agosto de 2007
BURACOS

Na realidade começa a entender-se o facto de muitos responsáveis políticos, empresários e outras figuras proeminentes afirmarem cada vez mais que o futuro de Portugal está no Golfe!

Porquê? Não há um dia que chegue ao fim que não traga, nas variadas áreas da sociedade, novos e apetecíveis buracos: desfalques, fugas ao fisco, tráfico de influências, gestão danosa, medidas de gestão autoritária e desatinada, derrapagens em obras públicas, enfim, “flagstick’s” sobre “flagstick’s” de cores berrantes e incontornáveis (sic)!

Neste abundante “viveiro” de “green’s” abençoado pelo sol, sem ameaças das “Al-Qaedas” e outras colectividades do género, boa comida, bebida e mercado de “massagens” (em apartamento privado, de luxo e a falar “speak- english”) em franco desenvolvimento, a que mais se pode aspirar se não a um megalómano “driving range”?

Vendo bem as coisas temos, efectivamente, buracos para dar e vender não faltando também “clientes” para usufruir de umas “desopilantes” e “relaxantes” tacadas! E com tanto desemprego (mais um buraco) sempre se arranjavam umas ocupações como “caddies” ou mesmo, se houver uns “conhecimentozitos” no “meio”, como distintos “forecaddies”.

Isto sim: é que era um autêntico “hole in one” económico (sic)!

publicado por A. Carvalho às 07:32
link do post | comentar | favorito
.as minhas fotos