.posts recentes

. PORTAS… COMUNICANTES

. OS SEGREDOS DA TIA CÁTIA

. NASCIDOS PARA MANDAR

. ANASTÁCIOS E BARATAS

. ELES VOAR, VOAM… MAS MUIT...

. VAMOS PÔ-LOS NO LUGAR

. ESTAMOS CONDENADOS

. A Vida e as Opiniões dos ...

. Do Francês, “SURRÉALISME”

. DESEJO DE REQUINTE

.arquivos

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Novembro 2015

. Abril 2015

. Julho 2014

. Fevereiro 2014

. Julho 2013

. Maio 2012

. Março 2012

. Janeiro 2012

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

.links
blogs SAPO
.subscrever feeds
Segunda-feira, 7 de Fevereiro de 2011
O BEM E O MAL

Concorde-se ou não com a gestão governamental actualmente aplicada à nação, uma coisa parece ser unânime: nunca a ética, no "caldeirão" político-ideológico do poder, atingiu os níveis tão baixos que são dados a ver (autoridade versus autoritarismo, modéstia versus prepotência, seriedade versus trapaça)... e que por contágio, interesseiro, parece ir alastrando a todo o restante emaranhado dos "braços" da "coisa" política! Das "direitas" às "esquerdas" e dos "centros" aos "extremos" vai ganhando força o apontar do dedo, quase intimidatório, àqueles que ousam conscientemente discordar, no intuito único de com isso, os seus "ayatollas" manterem a sociedade moribunda, anestesiada, rendida. Se a situação interessa às "facções"? Aparentemente interessa... face ao surgimento dos cada vez mais consistentes arrazoados sobre a utilidade (?) dos Blocos, das Coligações e das Alianças de ocasião e conveniência. Para as novas gerações para quem a "longa noite fascista" mais não foi que um floreado romântico e poético de uma trova do vento que passou, não será de ânimo leve que num futuro, por demasiado próximo, venham a aceitar uma renascida "canga" ideológica que com "pezinhos de lã a pouco e pouco lhe vão assentando. E depois de atingido o términos da já diminuta pluralidade existente, não adiantará a estas almas mostrar preocupação por aquilo que desprezaram e abominam, (essa falta de interesse e desconhecimento tantas vezes apontada, cinicamente, por quem tantas responsabilidades tem na "coisa"). Restar-lhes-á, a partir desse ponto, a violência gratuita e inconsequente ao melhor estilo da que vai grassando, já, em outros países europeus. Assim, quase apetece dizer que a crise económica é de somenos importância ao lado deste deficit alarmante de consciências, porque é desta "ciência", a da moral, que todas as outras derivam: para o bem... e para o mal!

publicado por A. Carvalho às 18:19
link do post | comentar | favorito
|
.as minhas fotos