.posts recentes

. A MÃO DE DEUS

. A “EPITETIZAÇÃO” DA COISA

. “O CANHÃO DE S.BENTO”

. PORTAS… COMUNICANTES

. OS SEGREDOS DA TIA CÁTIA

. NASCIDOS PARA MANDAR

. ANASTÁCIOS E BARATAS

. ELES VOAR, VOAM… MAS MUIT...

. VAMOS PÔ-LOS NO LUGAR

. ESTAMOS CONDENADOS

.arquivos

. Junho 2017

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Novembro 2015

. Abril 2015

. Julho 2014

. Fevereiro 2014

. Julho 2013

. Maio 2012

. Março 2012

. Janeiro 2012

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

.links
blogs SAPO
.subscrever feeds
Terça-feira, 15 de Dezembro de 2009
O "KATRINA" SOCIAL

A sucessão de “coisas” menos boas que num constante se abatem sobre Portugal e os portugueses, poderá atingir o seu clímax quando uma espécie de "furacão" arrasar o pouco de positivo que a muito custo ainda vai tentando sobreviver. Entre a verdade e a mentira que pulula no meio de "estórias" de duvidosas arquitecturas, validações de competências em dias santos de guarda, aterros fedentes em "covas" onde o "mafarrico" deixou as botas, "portos-livres" tentadores de oportunas ancoragens e o que mais à liça se estará para apresentar, vão-se conhecendo ocultas faces de outras tantas faces públicas que apesar de nunca terem enganado o zé-povinho o surpreendem, ainda, pelas magistrais maquinações diabólicas e perniciosas que num crescendo refinado vão engendrando na maior das impunidades (sic)! Assim, com uma Justiça useira e vezeira em discriminar sectores e classes sociais, é natural que se comecem a sentir os traiçoeiros e fortes ventos originados pela sua inevitável onda de choque: o último relatório da Procuradoria-geral da República veio provar (como se ainda fossem preciso mais provas) que o aumento da insegurança e da criminalidade são realidades por demais reais e não estranhas sensações de meia dúzia de azarados e pessimistas que por uma qualquer e inexplicável razão do destino foram alvo dos "amigos do alheio"! Junte-se a tudo isto as nuvens carregadas que pairam sobre a taxa de desemprego, os relâmpagos estrondosos que caiem a todo o momento sobre a quase extinta classe média e as enormes bátegas de água que sem apelo nem agravo a todos vão respingando e temos os condimentos perfeitos para a "coisa" rebentar com um grau muito perto do máximo de uma qualquer escala do descontentamento da "populaça": uma espécie de "Katrina" social de dimensões imprevisíveis.

E depois?

publicado por A. Carvalho às 00:51
link do post | comentar | favorito
|
.as minhas fotos