.posts recentes

. A MÃO DE DEUS

. A “EPITETIZAÇÃO” DA COISA

. “O CANHÃO DE S.BENTO”

. PORTAS… COMUNICANTES

. OS SEGREDOS DA TIA CÁTIA

. NASCIDOS PARA MANDAR

. ANASTÁCIOS E BARATAS

. ELES VOAR, VOAM… MAS MUIT...

. VAMOS PÔ-LOS NO LUGAR

. ESTAMOS CONDENADOS

.arquivos

. Junho 2017

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Novembro 2015

. Abril 2015

. Julho 2014

. Fevereiro 2014

. Julho 2013

. Maio 2012

. Março 2012

. Janeiro 2012

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

.links
blogs SAPO
.subscrever feeds
Segunda-feira, 22 de Junho de 2009
O ERRO DE SÓCRATES (e das sondagens)

Falar em sondagens no rescaldo do acto eleitoral europeu, é falar da derrapagem nítida, por defeito, que as mesmas sofreram quando sucessivamente minimizaram as intenções de voto no CDS-PP. Os Populares não deixam de ter uma certa razão quando se afirmam prejudicados com tais previsões... previsões essas que poderão ter travado, pelo efeito psicológico, uma votação mais expressiva no Partido do “táxi” (porque uma coisa é "publicitar" a prévia intenção do voto a raiar a mediocridade e outra uma indicação bem mais animadora desse mesmo propósito). Interessante, em idêntica matéria, num sentido oposto e numa óptica diferente, é olhar para as sondagens que até à "meia-dúzia" de meses continuavam a dar ao Partido Socialista (apesar das muitas manifestações de desagrado às medidas de gestão que em catadupa iam sendo tomadas) uma confortável maioria governativa caso as Legislativas fossem no momento realizadas e o efeito que essas (enganadoras?) sondagens terão tido na forma de gestão do primeiro-ministro e de toda a sua restante equipa de "convictos" membros! Suportado pela confiança que tais números incutiram num Governo que a reger contra tudo e contra todos se via constantemente a cavalgar a crista da onda, enorme, de uma enganadora maioria, a arrogância disparou em crescendo, a humildade (que agora, tardiamente, quer transmitir ao eleitorado) foi reduzida ao nada e o desprezo por tudo e por todos atingiu patamares que se julgavam impossíveis de atingir em democracia. Sócrates, o grande Estadista irreverente e visionário, errou, infantilmente, ao dar mais crédito às sondagens que aos sinais reais dos portugueses. Mas pronto: ninguém é perfeito… e afinal de contas (e por causa delas) Ele também não!

publicado por A. Carvalho às 08:22
link do post | comentar | favorito
|
.as minhas fotos